14/10/2013

Clube do livro :: A Casa de Hades


Mesmo a série do Riordan já estar com uma fórmula muito repetitiva, eu sou o tipo de fã que não abandona os personagens até o fim. Acompanho as desventura do Percy há anos e posso assegurar que esse livro é de longe o mais "parado" e o mais surpreendente da série.

Sinopse :: A tripulação do Argo II enfrenta dias difíceis. Inimigos espreitam no caminho para a Casa de Hades e o moral da equipe está baixo após a perda de dois integrantes importantes em Roma. Para chegar às Portas da Morte e tentar impedir o despertar de Gaia, nossos heróis Hazel, Jason, Piper, Frank e Leo vão precisar fazer alianças perigosas, encarar deuses instáveis e combater os asseclas enviados pela sanguinária Mãe Terra para detê-los. A situação é ainda pior para Percy e Annabeth. Após caírem no Tártaro, os dois passam fome, sede e sofre com diversos ferimentos enquanto são caçados por vários inimigos que derrotaram ao longo dos anos e que agora surgem das sombras em busca de vingança. A única esperança da dupla de voltar para o plano mortal reside em encontrar as Portas da Morte e fechá-las de uma vez por todas. No entanto, uma legião de monstros fiéis a Gaia defende as Portas, e nem Percy nem Annabeth estão em condições de enfrentá-la.

Comentários :: Eu sou uma fã de mitologia, é um assunto que sempre me interessou e quando li Percy Jackson pela primeira vez nem pude acreditar, era algo tão bem trabalhado que li a (primeira) série inteira em uma semana. Quando foi anunciado o lançamento de O Herói Perdido (primeiro livro da série Os Heróis do Olimpo) eu fiquei super feliz porque encontraria meus personagens favoritos novamente. Bom essa série tem uma dinâmica diferente, cada capítulo é narrado por um personagem e isso trás pontos positivos e negativos. Acho que o autor teve uma liberdade maior para desenvolver as personalidades dos protagonistas, mas, nesse volume com sete personagens principais tudo fica um pouco cansativo, muitas coias acontecem, mas ainda assim faltou as lutas já tão exploradas nos volumes anteriores. Gostei de como Riordan ressuscitou alguns esquecidos como Calypso e amei o papel do Nico (que é, e sempre será o meu personagem favorito de PJ) na trama. O livro acaba sendo mais do mesmo, porém não deixa de ser uma boa leitura. Não estou morrendo de ansiedade para o próximo volume mais sei que assim que lançar vou estar pronta para o desfecho, e que pelo amor, venha finalmente o final feliz pro Percy, pra Annie e pro Nico...
Bjs, Ana P.
Postado por :: Ana Marques - A vida é poema

0 comentários:

Postar um comentário

Comente à vontade! E não esqueça de deixar o link do seu blog ou site, para eu visitar de volta! :D xx